Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes… tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer “E daí? Eu adoro voar!”. Não me deem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre.

Clarice Lispector  (via autografia)

Apesar de tudo, você ainda é a primeira coisa em que eu penso quando me falam: faça um pedido.

Caio Fernando Abreu. (via desvalorizavel)

Mas tantas memórias. A gente tem tantas memórias. Eu fico pensando se o mais difícil no tempo que passa não será exatamente isso. O acúmulo de memórias, a montanha de lembranças que você vai juntando por dentro.

Caio Fernando Abreu.   (via carenciada)

Escrevo pra aliviar, tanto meus pensamentos, quanto o meu coração.

João Paulo Ferreira.  (via carenciada)